18 de abr de 2011

Desligue-se:

Da TV, do virtual, do sobrenatural. Desligue-se dos amores passados, das amizades perdidas, das mágoas, dos problemas, das obrigações, dos medos, de você.
Encontre-se. No coração, na mente, na alma.
Encontre-se nos desejos proibidos, nas vontades passageiras, nas vidas passadas, nas pessoas que tem algo pra compartilhar. Seja. E antes de ser dos outros, seja seu; Seja a sua melhor companhia, seu melhor amigo, seu melhor amor. Se baste. E então ame. Ame verdadeiramente, intensamente, insanamente quem ama você. E não se poupe. Não de importe, não se oprima, não se iluda. E vida. Vida como o infinito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário