13 de abr de 2011

Deve ser assim?

?
Ter um blog é extremamente interessante, é algo que no começo te prende de certa forma.
Alguns blogs tentam justificar isso dizendo que são como fases de adolescentes (que sempre passam com  o crescimento), como querer postar todos os dias, querer ter visitantes e aquela velha história.
Eu não sei se isso é algo bom, mas não me sinto presa aqui.  Afinal, o meu blog não é uma obrigação.
Sinto-me feliz quando recebo elogios, sinal que gostam do que escrevo; mas mais feliz quando recebo criticas (construtivas), e isso me faz pensar cada vez mais o que têm de tão perplexo em blogs.
Creio que não é a aparência, nem profissão, nem idade (até porque a idade está na cabeça), isso pode até influenciar, mas não predomina tudo - isso pode até ser pelo fato de me importar com o mundo, e cansar de falar que ainda existem pessoas boas, que têm corações, e que o mundo são esses "seres" que o fazem como é.
Por isso tenho um blog. Para ser lido, não usado como sensacionalismo banal, destruindo e corroendo a imagem de outro ser, tão imperfeito como nós mesmos.
É como se aqui dessem importância para o que eu penso. E não deve ser usado para degredar ou ofender, ou muito menos para mostrar alguma coisa para alguém.
Se eu mesma não me entendo, como alguém vai me entender?
Uma boa justificativa, que os jornalistas da Rede Globo, por exemplo, distorcem.
Como sempre a mídia propriamente se dedurou, porque coloca os fatos como ela quer, e não como eles realmente são, do meu ponto de vista.

Um comentário:

  1. Oi Julia.

    Parabens pelo blog. Parabens tambem pela postagem.
    Um abracao com beijao.

    As palavras estao propositadamente sem acentuacoes pq houve uma alteracao no teclado e ainda nao descobri onde eh.

    ResponderExcluir