11 de jan de 2011

Do dia:

As letras de músicas, são como as pessoas - como já citei em uma postagem anterior, pois elas tranmistem o que pensam, o que querem ou o que fazem.
Não importa se é rock ou pagode, os seus gêneros não afetam as letras, mas claro, nem todas falam ao mesmo sentido, até porque são gostou múltiplos de muitas regiões.
Mas eu me considero uma pessoa eclética. Concordo, que eu não gosto igualmente de música popular e rock, mas tudo bem. Antes nem podia ouvir uma músiquinha de pagode, agora vai...
Mas existem músicas consagradas como Legião Urbana, RPM, Cássia Éller entre outros.
Uma, que invariavelmente as pessoas concordam, ou pelo menos apreciam, é "Pais e Filhos - Renato Russo':
É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Por que se você parar
Pra pensar
Na verdade não há...
Sou uma gota d'água
Sou um grão de areia
Você me diz que seus pais
Não te entendem
Mas você não entende seus pais...
Você culpa seus pais por tudo
Isso é absurdo
São crianças como você
O que você vai ser
Quando você crescer?

Cada um tira a sua conclusão, eu concordo em vários aspectos com esta belíssima obra de Renato Russo;
Porque nada nesta vida é fácil, tudo é uma questão de merecimento, que espelham em nossas atitudes, em tudo que temos, seja em matéria ou alma, nós conquistamos estas coisas e levamos tombos na estrada desta vida, mas aprendemos a nos levantar sozinhos, ou juntos, também cruzaremos com muitas pessoas nesta jornada, algumas que nem serão instantes, mas segundos que nos deixaram marcas, e outras que ficam por muito tempo, e quando se vão não sentimos nem a sua falta, também temos muitas e muitas situações de chorar, sofrer, se machucar e até desejar nunca ter nascido(que atire a primeira pedra, quem nunca pensou isso), mas como sempre damos a volta por cima, porque cada obstáculo que enfrentamos sabemos que o que vêm na frente será maior, e somos fortes e capazes de passar por cima de todos. Vamos ter nosso primeiro emprego, nossa primeira casa, nosso carro e nossa independência. Isso vamos ter que lutar para conseguir, mas afinal, o que nesta vida vêm de mão beijada? Também teremos que ver pessoas que amamos morrerem, e isso vai doer todos sabemos, mas é a lei da vida, todos teremos que aprender a conviver com estes acontecimentos, que espero que demorem muito, mas mesmo assim irão acontecer. Um dia também teremos que deixar quem amamos para trilhar o nosso próprio caminho à procura da felicidade. 

Um comentário:

  1. Ju....fico impressionada com a visão que tens da vida, com tão pouca idade.
    Acho que foi além das nossas expectativas....te admiro, te adoro, te apoio e te amo, incondicionalmente.
    Parabéns, meu anjo pelo que és em tuas palavras.

    ResponderExcluir